Evento que vai até domingo elege nova direção da Fetec-CUT/CN

“Unificar, organizar e avançar na defesa dos bancários da Floresta, do Pantanal e do Cerrado”. Com esse tema, os trabalhadores do ramo financeiro da Região Centro Norte do país estarão reunidos no auditório da Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul (Fetems), em Campo Grande, a partir desta sexta-feira (4) até domingo (6), para realizar o 9º Confetec-CUT/CN, o Congresso da Federação dos Trabalhadores em Empresas de Crédito do Centro Norte (Fetec-CUT/CN).

Aproximadamente 150 trabalhadores participarão do 9º Confetec-CUT/CN, dentre delegados eleitos em assembleias de base, delegados natos e observadores. 

Segundo o presidente da Fetec-CUT/CN, José Avelino, entre os temas que serão debatidos durante o evento estão: conjuntura, análise e desafios para o ramo financeiro, plano de ação, balanço da gestão, além da eleição e posse da nova diretoria, que ficará à frente da entidade até 2017. 

Os debates contarão com a participação de debatedores convidados, dentre eles o presidente da CUT Nacional, Vagner Freitas, o presidente da Contraf-CUT, Carlos Cordeiro, e o secretário de Organização do Ramo Financeiro da Contraf-CUT, Miguel Pereira. Além deles, o congresso terá a presença de representantes da Previ, Cassi e Fenae.

A Fetec-CUT/CN completou, no último dia 19 de janeiro, 24 anos de fundação. Para José Avelino, a entidade chega a essa idade com uma existência madura, com muitas conquistas a comemorar e com desafios a enfrentar. Mas chega a essa data fortalecida e unida aos 12 sindicatos filiados, consolidando a cada dia na Região Centro Norte o importante trabalho de integração dos bancários dessa imensa região do país, outrora isolada e distante do ponto de vista político-sindical.

Os 12 sindicatos filiados estão distribuídos em oito estados, representando todos os bancários do Acre, Amapá, Brasília, Barra do Garças-MT, Campo Grande, Dourados-MS, Mato Grosso, Pará, da Região Integrada de Desenvolvimento do Distrito Federal e Entorno (RIDE), Rondônia, Rondonópolis-MT e Roraima.


Fonte: Fetec-CUT/CN