Crédito: Seeb Rio de Janeiro
Seeb Rio de JaneiroComerciante não aguentou ter de esperar uma hora e meia na fila 

O desrespeito do Itaú aos clientes e usuários não tem limites e virou notícia na imprensa. Na edição do jornal Extra, do último dia 16, o comerciante Luiz Antônio Lopes da Silva não aguentou ter de esperar uma hora e meia para ser atendido por um caixa na agência de Bangu e denunciou à imprensa o descumprimento da Lei Municipal 5.254/2011. 

A chamada Lei Antifilas prevê o tempo máximo de 15 minutos para o atendimento bancário em dias normais. Luiz teve de esperar seis vezes mais tempo na fila do que prevê a legislação.

Manifestação

A Zona Oeste é, historicamente, a região do Rio onde o problema na demora do atendimento é ainda mais crônico. Não foi por acaso que o Sindicato dos Bancários do Rio de Janeiro escolheu Campo Grande para o ato público no Dia Nacional de Defesa do Consumidor.

“O banco demite funcionários, explora os bancários que sofrem com a sobrecarga de trabalho e desrespeita a população. É preciso denunciar aos órgãos competentes e à imprensa essas práticas ilegais. O nosso papel é também o de mostrar aos consumidores que os bancos são os culpados por esta situação em função da dispensa em massa de funcionários”, afirma a diretora do Sindicato, Vera Luiza.


Fonte: Seeb Rio de Janeiro