sábado, maio 30, 2020
Home > Bancos > Caixa Econômica > Bolo, orquestra de frevos e muito protesto no aniversário de 155 anos da Caixa Econômica na Paraíba

Bolo, orquestra de frevos e muito protesto no aniversário de 155 anos da Caixa Econômica na Paraíba

AtoCaixa12012015 ContrafCUT

AtoCaixa12012015 ContrafCUT
Na manhã desta terça-feira (12), o Sindicato dos Bancários da Paraíba (SEEB-PB) realizou um ato público em frente à Caixa Econômica Federal, Agência Cabo Branco, para comemorar os 155 anos da instituição financeira e protestar contra o Projeto de Lei do Senado PLS 555/2015, que representa um risco não apenas à manutenção da Caixa 100% pública, mas a outras estatais federais, estaduais e municipais.

O evento, que aconteceu das 9h até às 11h, quando a agência abriu para atender ao público, contou com a presença de funcionários, clientes da Caixa, diretores do Sindicato e representantes da Apcef Paraíba e da Associação dos Aposentados.

Além de faixa pedindo mais empregados e banner alusivo aos 155 anos da Instituição Financeira, uma orquestra de frevos fez a animação do evento com ritmos quentes e executou o Parabéns Pra você, que culminou com o corte do bolo comemorativo, servido em seguida para cerca de 120 pessoas. 

O objetivo do ato foi homenagear o banco público pelos 155 anos de atividades fomentando o desenvolvimento nacional e também chamar a atenção da sociedade para as ameaças do PLS 555/2015, não só para a Caixa Federal, mas também para outras estatais. O projeto está na pauta do Senado Federal e só não foi votado em 2015 graças à pressão feita por trabalhadores, centrais sindicais, confederações, federações, sindicatos e associações.

Em sua fala, o presidente do Sindicato dos Bancários da Paraíba, Marcos Henriques, parabenizou o banco público e seus empregados, destacando a importância da instituição financeira para o País.

“A Caixa demonstrou ser o principal indutor das políticas públicas no nosso País, ao gerir programas como FGTS, Minha casa minha vida, Bolsa família, Seguro Desemprego, além de financiar a infraestrutura das cidades e auxiliar os governos estaduais em seus programas desenvolvimentistas. Daí a necessidade de se manter estatal 100% e ser fortalecida para atuar como agente de desenvolvimento nacional”, ressaltou.

Tanto o presidente da APCEF Paraíba, Carlos Espínola, como Terezinha Leandro, presidente da Associação dos Empregados Aposentados (AEA), se disseram orgulhosos de fazer parte da história da Caixa e manifestaram disposição para lutar em defesa da instituição: “Ante essas ameaças, temos mais que nos unir e lutar para fortalecer cada vez mais a Caixa, por sabermos de sua importância para o Brasil”.

O secretário geral do Sindicato dos Bancários, Marcelo Alves, além de parabenizar a Caixa pelo seu aniversário, parabenizou os seus empregados. “Estão de parabéns esses companheiros abnegados que trabalham sob pressão e sobrecarregados, mas sempre dando o melhor de si para atender à sociedade. Agora, cumpre a direção da Caixa contratar os aprovados nos concursos para melhorar o atendimento à população e proporcionar melhores condições de trabalho para seus funcionários”, dasabafou.

Ao encerrar o ato público, o presidente do Sindicato falou sobre a necessidade da manutenção dos protestos contra o PLS 555. “Essa luta é contínua e devemos estar de olhos atentos às manobras espúrias contra as nossas instituições públicas, que devem continuar existindo e serem fortalecidas para apoiar cada vez mais o desenvolvimento do nosso país” concluiu Marcos Henriques.

Fonte: Seeb-PB/Otávio Ivson