terça-feira, junho 18, 2019
Home > Bancos > Justiça manda Bradesco reintegrar bancário demitido em gozo de licença-saúde

Justiça manda Bradesco reintegrar bancário demitido em gozo de licença-saúde

Nesta quarta-feira (29), o Juiz da 6ª Vara do Trabalho de João Pessoa, Ana Magalhães Jacob, deferiu o pedido de antecipação da tutela jurisdicional para determinar a imediata reintegração de Roger Darlan Dedigo aos quadros do Bradesco, sob pena de aplicação de multa diária no valor de R$ 5 mil em caso de descumprimento da medida judicial.

Para o advogado parceiro do Sindicato, Marcelo Assunção, o Bradesco não poderia ter dispensado o funcionário que se encontrava em tratamento de saúde. “Trata-se de mais um caso em que o Banco rescinde o contrato de trabalho de um funcionário que estava sob o amparo da garantia provisória do emprego, por se encontrar em licença-saúde para tratamento de doença ocupacional. Ainda bem que graças à tempestividade do trabalhador em buscar o apoio sindical e à atuação da Justiça do Trabalho em seu favor, pudemos reparar mais um absurdo cometido pela ganância do Bradesco”, concluiu.