sexta-feira, junho 5, 2020
Home > Bancos > Banco do Brasil > Associados são os mais prejudicados com resultado das eleições da Cassi

Associados são os mais prejudicados com resultado das eleições da Cassi

Os funcionários do Banco do Brasil são os principais prejudicados com o resultado do processo de eleição para a escolha do novo diretor de Planos de Saúde e Relacionamento com Clientes, além dos membros dos conselhos Fiscal e Deliberativo da Caixa de Assistência dos Funcionários do Banco do Brasil (Cassi).

Depois de a Cassi e a Comissão Eleitoral negarem o pedido de suspensão do processo solicitado pela Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT), por meio de ofício enviado na sexta-feira (20), em decorrência da pandemia causada pelo novo coronavírus (COVID-19), o número de votantes foi muito baixo.

“A comissão eleitoral foi tendenciosa e insensível com o momento que vivemos, em meio a uma pandemia. Com isso, quem perdeu foi associado, pois o banco tem o controle total da Cassi e não poderemos lamentar as decisões que serão tomadas daqui pra frente”, lamentou a secretária de Juventude e representante da Contraf-CUT nas negociações com a Cassi e com o Banco do Brasil, Fernanda Lopes. “Pelo baixo número de votantes, os eleitos não terão a necessária legitimidade para a representação”, finalizou.

Confirma o resultado das eleições:

Diretoria e Conselho Deliberativo

  • Chapa 6 – 20520
  • Chapa 2 – 20412
  • Chapa 4 – 19132
  • Brancos – 5048
  • Nulos – 8394

Conselho Fiscal

  • Chapa 55 – 18.418
  • Chapa 77 – 18.100
  • Chapa 33 – 17.725
  • Brancos – 4583 Nulo – 8066

Fonte: Contraf-CUT