sexta-feira, junho 5, 2020
Home > Bancos > Contraf-CUT reivindica que respeito à jornada de trabalho e aos intervalos dos empregados da Caixa

Contraf-CUT reivindica que respeito à jornada de trabalho e aos intervalos dos empregados da Caixa

Os sindicatos estão recebendo denúncias de que os gestores demandam e marcam videoconferência a qualquer horário, sem resguardar os limites da jornada de trabalho e o intervalo para repouso e alimentação – A Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT), através da Comissão Executiva dos Empregados (CEE) da Caixa Econômica Federal enviou um ofício ao banco reivindicando a jornada de trabalho e garantir o intervalo intrajornada.

O documento foi motivado pelas denúncias que os sindicatos de todo o Brasil estão recebendo denúncias de que os gestores demandam e marcam videoconferência a qualquer horário, sem resguardar os limites da jornada de trabalho e o intervalo para repouso e alimentação.

“É fundamental para a saúde física e mental dos empregados que a jornada de trabalho e o intervalo intrajornada sejam respeitados. Todos estamos passando por momento de muita pressão psicológica. A ansiedade pode diminuir a imunidade e consequentemente aumentar o adoecimento”, observou Fabiana Uehara Proscholdt, secretária da Cultura e representante da Contraf nas negociações com o banco.

“É importante que todos os gestores e empregados sejam orientados a respeitarem a jornada de trabalho, principalmente o intervalo para repouso e alimentação. Para isso, é importante dimensionar as demandas e reuniões, com observação aos limites de horário”, completou Fabiana.

Fonte: Contraf-CUT