terça-feira, julho 14, 2020
Home > Bancos > NOTA DE REPÚDIO DO SINDICATO DOS BANCÁRIOS DA PARAÍBA

NOTA DE REPÚDIO DO SINDICATO DOS BANCÁRIOS DA PARAÍBA

Nesta quinta-feira (7) a Caixa Econômica Federal destituiu a função gratificada de três gestores que atuam na SR João Pessoa: o Superintendente de Rede, um Superintendente Executivo, e uma Gerente Geral de Rede. Esses empregados foram desrespeitosamente punidos com a perda de função em uma decisão arbitrária por parte da Caixa.

O Sindicato dos Bancários da Paraíba vem por meio desta nota tornar público o nosso completo repúdio a esta decisão. Acreditamos que o processo que levou a CAIXA a retirar as funções dos gestores não foi desenvolvido com a devida prudência e o necessário diálogo com os empregados, garantindo a todos os envolvidos uma apuração de responsabilidade com transparência e respeito. Da forma que a decisão foi tomada, fica evidente que a Caixa age de forma injusta, com arbitrariedade e autoritarismo, negando aos empregados o direito à defesa e ao esclarecimento por meio do diálogo, postura inadmissível diante dos empregados e de toda a categoria.

Salientamos que este sindicato tem se comprometido a enfrentar a crise da Covid-19 em parceria com os empregados CAIXA, que estão na linha de frente do atendimento diariamente, enfrentando dificuldades variadas, se expondo e arriscando inclusive a própria saúde em prol do cumprimento da missão que é atender a população nesse momento de calamidade pública.

Reiteramos o nosso repúdio a essa decisão que veio de cima para baixo às pressas, e deixamos registrado que é necessário um processo de apuração de responsabilidade para a delicada situação, de forma que não haja perda de funções de forma injustificada e arbitrária, bem como corte de remuneração dos empregados em meio a maior crise que o país enfrenta nos últimos anos.

Desde já, nos solidarizamos profundamente com o colega que se encontra internado, vítima da Covid-19, mas cobramos da CAIXA que reveja essa decisão, reavendo as funções dos empregados envolvidos até que seja concluído um processo de apuração de responsabilidade com o devido respeito aos empregados e com a necessária transparência para com toda a categoria.

O Sindicato acionou a Contraf/CUT, coordenação do Comando Nacional dos Bancários e Comissão Executiva de Empregados da Caixa para acompanharem o caso.

Ademais, prestamos nosso apoio e solidariedade a todos os empregados CAIXA que honram o papel social dessa empresa nesse momento de crise.

João Pessoa, 08 de maio de 2020

A Diretoria

Fonte: Seeb – PB