ORIENTAÇÃO DO SINDICATO DOS BANCÁRIOS DA PARAÍBA AOS FUNCIONÁRIOS DO BANCO DO BRASIL

1 – Abrir um FALE COM a Gepes.

2 – Encaminhar para o e-mail do gestor, e para caixa da agência, para que algum responsável, na ausência do gestor, tenha acesso.

3- Se desejar, inclua cópia para o e-mail do sindicato: sindicato@bancariospb.com.br.

 

MODELO

Considerando o comunicado 21/07/2020, de retorno às atividades presenciais.

Considerando que a instituição Banco do Brasil, orienta os gestores a analisar caso a caso, venho expor meu problema individual Sr. …………………. (nome do gestor) seguindo em anexo os documentos que motivam minha argumentação.

#Relatar com quem o funcionário Coabita

#Qual a morbidade do coabitante (Ex.: Pais idosos, hipertenso, obeso, diabético, filho asmático etc … )

#Anexar laudos ou declarações médicas do risco que o coabitante tem, ou se comprometer a produzir o laudo e enviar futuramente.

Relate seu caso particular

IDOSO

Lembrando ainda, que o Estatuto do Idoso, limita minhas ações, colocando-me em situação vulnerável, passível de questionamento por terceiros, ante o abandono ou falta de assistência de pessoa idosa, risco esse que desejo compartilhar com o senhor a fim de entender o contexto que passo a solicitar:

MENOR

Lembrando ainda, que o Estatuto da Criança e do Adolescente limita minhas ações,  colocando-me em situação vulnerável, passível de questionamento ou denúncia por terceiros, ante o  abandono ou falta de assistência a menor, risco esse que desejo compartilhar com o senhor a fim de entender o contexto que passo a solicitar:

1 – Solução de VPN ou teletrabalho, permanecendo à disposição do Banco para realização das tarefas pertinentes do meu contrato de trabalho, de forma a permanecer em casa sem trazer riscos à vida daqueles com os quais coabito.

2 – Se diante do exposto não for considerado meu pedido, pergunto quais medidas serão tomadas para o meu retorno, uma vez que a própria OMS orienta permanência em local arejado com limpeza frequente do ar condicionado para diminuição do risco de contágio e como será garantido o distanciamento social e a sanitização do local físico de trabalho? É sabido também que o Banco do Brasil não disponibiliza exames em massa para saber quem está contaminado, logo posso ter contato com algum colega que se encontra como o vírus.

Ainda cabe reforçar, que os canais de televisão, apontam diariamente a situação do transporte público no nosso Estado, agravando meu receio de transmissão da covid-19 àqueles que eu coabito.

Aguardo com brevidade sua resposta, indicando como meio de retorno o e-mail (seu e-mail) ou na impossibilidade, qualquer outro meio formal (escrito) para que eu possa buscar orientação junto ao Sindicato dos Bancários da Paraíba antes do prazo estabelecido para o retorno, ou seja, 27 de julho.