Analisando o Mapa da Violência Contra Bancos na Paraíba, de janeiro até 21 de setembro de 2019 foram contabilizadas 20 ocorrências. No mesmo período deste ano foram registradas 12 investidas criminosas, que corresponde a uma redução de 40% nos crimes envolvendo bancos.

No período comparado, houve uma redução de 10% no crime de explosão, 80% nos arrombamentos, 33,33% nas tentativas de crimes e 100% nos assaltos e saidinha de bancos.

Para o presidente do Sindicato dos Bancários da Paraíba, Lindonjhonson Almeida, muitos são os fatores que podem ter concorrido para a redução das ocorrências nesses nove meses do ano.

“Acreditamos que essa redução de 40% nas ocorrências de crimes envolvendo bancos na Paraíba, de janeiro e 21 de setembro de 2020, em relação ao mesmo período do ano passado, deve-se: ao fechamento de agências, a manutenção de agências bancárias sem movimentação de numerário, a abertura de escritórios digitais e, também,  diminuição do atendimento presencial nas agências bancárias, com cerca de 70% de bancárias e bancários trabalhando em home office, por conta da crise provocada pela pandemia do novo Coronavírus (Covid-19)”, afirmou Lindonjhonson Almeida.

Vale ressaltar que, após o período apurado só aconteceram mais duas ocorrências em 2019, sendo um uma explosão no final de outubro e um assalto no início de novembro.

Fonte: Seeb-PB