Foram fechados 11 mil postos de trabalho no setor - SMABC

Foram fechados 11 mil postos de trabalho no setor

Ato reúne trabalhadores da Mercedes e da Ford; funcionários da Scania também estão paralisados – Cerca de 10 mil trabalhadores da fábrica da Mercedes-Benz, em São Bernardo, se reuniram na frente da empresa na manhã desta quarta-feira (01) e começaram uma manifestação em defesa do emprego. Eles iniciaram uma passeata em direção à Ford, onde outros 5 mil trabalhadores também se concentram na frente da fábrica. Metalúrgicos da Scania também pararam suas atividades em protesto contra a ameaça de desemprego no setor automotivo.

“Essa manifestação é a primeira de uma serie em defesa do emprego porque a agenda do pais agora é essa”, afirmou a secretário-geral da CUT (Central Única dos Trabalhadores), Sérgio Nobre, que também em funcionário da Mercedes. Os trabalhadores na Mercedes realizam assembleia um dia após o término do prazo do PPE (Programa de Proteção ao Emprego). A passeata deve seguir pela pista marginal da Via Anchieta do km 14,5 ao km 16, onde deve seguir rumo à fábrica da Ford. Policiais militares e agentes do Departamento de Trânsito da Prefeitura de São Bernardo acompanham a manifestação

Na Ford, os mais de três mil trabalhadores permanecem no programa até o final de junho, além do lay-off (suspensão temporária do contrato de trabalho) que vence no próximo dia 12 para cerca de 280 funcionários. Até o momento, nenhuma das montadoras sinalizou intenção de renovar os períodos dos mecanismos de manutenção dos postos de trabalho. O protesto, organizado pelo Sindicato dos Metalúrgicos do ABC,é uma forma de chamar a atenção dos empresários e reivindicar a defesa dos empregos na Região.

SETOR

De acordo com dados da Anfavea (Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores), o setor automotivo apresentou queda nas vendas de 27,9% nos quatro primeiros meses deste ano, em relação ao mesmo período de 2015. A pouca demanda reflete também na produção, que registrou recuo de 25,8% na mesma base de comparação, e no nível de emprego industrial, que teve 11 mil trabalhadores a menos em abril deste ano, na comparação com o mesmo mês do ano passado.

Fonte: ABCD Maior

Walmar Pessoa
Author: Walmar Pessoa

WebMaster