Imagine uma criança linda à sua frente! Essa criança, meiga e ingênua pode ser sua filha, filho, sobrinha, sobrinho ou apenas mais uma conhecida… Agora, imagine essa mesmas criança sofrendo por maus tratos e abuso ou exploração sexual. Tais imagens passam em nossas cabeças como um filme de terror, daqueles que nos arrepiam só de pensar, não é mesmo? Mas, infelizmente, essa é a realidade de milhares de crianças brasileiras que sofrem dia após dia, caladas e aflitas, devido a insensatez de alguns adultos.

Para combater esse tipo de atrocidade, o governo brasileiro criou a Lei 9970/00, que institui o 18 de Maio como Dia Nacional de Combate contra o Abuso e a Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes. A data foi escolhida porque em 18 de maio de 1973, em Vitória/ES, um crime bárbaro chocou todo o país e ficou conhecido como o "Crime Araceli". Esse era o nome de uma menina de apenas 08 anos de idade que foi raptada, drogada, estuprada e morta numa orgia de drogas e sexo promovida por jovens de classe média alta daquela cidade e que, por influência das famílias, seguiram impunes apesar de o crime ser considerado hediondo.

De acordo com a diretora de Políticas Sociais da Federação dos Bancários da CUT no Estado de São Paulo (FETEC/CUT-SP), Maria Izabel da Silva, a motivação para criação de uma data, como mais um elemento de reforço ao enfrentamento à violência sexual contra crianças e adolescentes, foi a de criar capacidade de mobilização dos diferentes setores da sociedade, do s governos e da mídia para formação de uma forte opinião pública contra esse tipo de violência infanto-juvenil.

"Por outro lado a intenção é estimular e encorajar as pessoas a denunciarem situações de violência sexual, bem como criar possibilidades e incentivos para implantação e implementação de políticas públicas capazes de fazer o enfrentamento ao fenômeno, no âmbito do combate à impunidade e de proteção e promoção às pessoas em situação de vitimização, conforme estabelece o Plano Nacional de Enfrentamento à Violência Sexual contra Criança e Adolescente", explica Bel.

Para a presidente da FETEC/CUT-SP, Sebastião Geraldo Cardozo, a Federação – enquanto entidade representativa dos trabalhadores bancários – vem cumprindo o papel que lhe cabe nessa luta. "C omo parte das atividades que integram o 18 de Maio, a Federação lançou a segundo edição da Campanha de Combate à Violência Sexual contra Crianças e Adolescentes, reafirmando e ampliando suas parcerias. Além disso, estamos propiciando uma vasta gama de materiais de divulgação sobre o tema, a exemplo de cartilhas, cartazes, adesivos, veiculação de spots de rádio e distribuição de jornais à população, em atividades pontuais e nos pedágios de rodovias do Estado de SP", acrescenta Tião.

Já para a próxima segunda-feira, 18 de Maio, a FETEC/CUT-SP, em parceria com a Contraf/CUT, o Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco e Região e a Afubesp, estará promovendo a partir das 12 horas, uma atividade na Praça Patriarca, no Centro de São Paulo. Na ocasião, dirigentes sindicais bancários estarão distribuindo jornal informativo da Campanha e esclarecendo a popula ção sobre o tema. Outras atividades estão prevista pelos Sindicatos filiados à FETEC/CUT-SP.

Confira abaixo a programação:

Data – Hora

Atividade

Local

Realização

12/05 às 19h

Exposição e debate

Camara de Vereadores de Atibaia

CMDCA e

Seeb Bragança

15/05 às 13h

Entrevista TV

Barretos

Seeb Barretos

15/05 à tarde

Emissoras de Rádios

Barretos

Seeb Barretos

15/05 às 19h

Exposição e debate

Escola Rafael Brandão

Seeb Barretos

16/05 às 16h

Exposição e debate

Congresso Vestuário

CNTV

16/05 às 13:30hs

Exposição e debate

Conferencia da Promoção de Igualdade Racial

Movimento Negro e Seeb Limeira

17/05 às 8:30hs

Programa de rádio

Jundiaí

Seeb Jundiaí

17 e 18/05

Ato de Rua

Férias Livres e Terminal Central

Seeb Catanduva

18/05 às 10h

Ato de Rua

Praça Rui Barbosa

Entidade DCA e Subsede CUT Campinas

18/05 às 10:30hs

Ato de Rua

Em frente a Caixa Econômica Federal

Seeb Limeira

18/05 às 10:30hs

Ato de Rua

Calçadão do Centro de Jundiaí

Seeb Jundiaí e Subsede CUT Jundiaí

18/05 às 9h

Ato de Rua

Calçadão do Centro

Seeb Presidente Prudente

18/05 às 10h

Ato de Rua

Praça Central de Guaíra

Rotary Club e Diretório Municipal do PT

18/05 às 12h

Ato de Rua

Praça do Patriarca

FETEC e parceiros

18/05 às 19h

Exposição e debate

Auditório do Sindicato dos Metalúrgicos

Comitê de Enfrentamento à Violência e Seeb Gurarulhos

18/05 às 10h

Ato de Rua

Em frente a CEF e Itaú

Seeb Barretos

18/05 às 10h

Ato de Rua

Centro

Seeb Guarulhos

18/05 às 10h

Ato de Rua

Centro

Seeb Taubaté

18/05 às 10h

Ato de Rua

Centro de Bragança e Atibaia

Seeb Bragança

18/05

Ato de Rua

Centro de Santo André e Terminal Ferroviário

Seeb ABC

18/05 às 9h

Passeata

Centro de Assis

Seeb Assis e entidades

18/05

Panfletagem

Missas

Paróquia São Jorge, em Nova Odessa

Fonte: Fetec/SP

Walmar Pessoa
Author: Walmar Pessoa

WebMaster