Uma agência do Bradesco foi assaltada na tarde de sexta-feira (2) em Rio Grande, na zona sul do Rio Grande do Sul. Segundo a Brigada Militar, cinco assaltantes entraram no prédio por uma porta lateral, que estava sendo reformada. Eles estariam com uniformes de operários e desarmaram os vigilantes.

Clique aqui para ver o video da reportagem na RBSTV.

Os criminosos fugiram em dois carros. A polícia ainda não tem suspeitos. Durante a tarde, a Brigada Militar chegou a bloquear a rodovia BR-392, entre Pelotas e Rio Grande, para tentar encontrar os assaltantes. O serviço de lanchas para São José do Norte também foi monitorado.

O Sindicato dos Bancários de Rio Grande, tão logo recebeu a notícia do assalto, foi até a agência, única do Bradesco na cidade. "Quando chegamos ao local, a Brigada Militar já havia entrado, pois os assaltantes já haviam fugido", conta o funcionário do banco e diretor do Sindicato, Felipe Bartollo.

Nesta segunda-feira, os dirigentes sindicais voltaram à agência, dando suporte aos colegas. "Cobramos a emissão das CATs para todos os funcionários presentes na hora do assalto", destaca Felipe.

"Esse lamentável evento mostra que a insegurança e o perigo que rondam as atividades das agências bancárias não são problemas apenas dos grandes centros. E evidencia o desrespeito dos bancos com seus funcionários e clientes, no momento em que reduzem os sistemas e dispositivos de segurança, como as portas giratórias que vêm sendo retiradas no Bradesco e Itaú em várias cidades", denuncia o dirigente sindical.

Fonte: Contraf-CUT com Seeb Rio Grande e G1

Walmar Pessoa
Author: Walmar Pessoa

WebMaster