Após cobrança dos diretores do Sindicato dos Bancários de Campo Grande-MS e Região e retardamento em uma hora nos atendimentos das agências do Bradesco do Centro, Calógeras, Cândido Mariano e Barão, o atendimento médico hospitalar pelo plano de saúde do Bradesco na Maternidade Cândido Mariano não foi suspenso.

Segundo a secretária Geral do Sindicato dos bancários de Campo Grande e Região, Neide Maria Rodrigues, a mobilização da categoria foi de extrema importância para que o plano de saúde não suspendesse suas atividades. “Entregamos um ofício no Recursos Humanos do Bradesco solicitando que não fosse suspenso o atendimento na Maternidade Cândido Mariano e após a paralisação das agências os atendimentos voltaram ao normal no último dia 14”, enfatizou Neide.

Fonte: Seeb Campo Grande

Walmar Pessoa
Author: Walmar Pessoa

WebMaster