Um homem armado com um revólver tentou assaltar a agência do Banco Bradesco da avenida Carmindo de Campos, em Cuiabá, na manhã de terça-feira, dia 7, aproveitando-se da ausência da porta giratória com detector de metais. O assaltante foi impedido pelo segurança e o bandido ainda atirou dentro da agência, mas o disparo não atingiu os presentes.

A tentativa de roubo ocorreu por volta das 9h30, quando o vigia abriu a porta para a funcionária do serviço de limpeza entrar no setor principal. O vigia, então empurrou o assaltante, que atirou possivelmente para o alto. Os funcionários da agência que estavam em reunião se assustaram ao ouvir o disparo.

Segundo o relato de testemunhas, o assaltante fingiu estar usando o caixa eletrônico próximo e, assim que a porta foi aberta, tentou entrar, mas foi impedido. Após o tiro, o assaltante fugiu e, do lado de fora, um cúmplice dava cobertura. Os dois teriam fugido numa motocicleta estacionada nas proximidades.

Segundo o diretor do Sindicato dos Bancários de Mato Grosso, Florisvado Pereira, a situação só não foi mais grave porque o vigia agiu rapidamente. "Os funcionários afirmam que tudo ocorreu muito rápido. Uma situação que agrava a segurança desta agência é pelo fato de não ter porta giratória com detector de metal, o que deixa os bancários e a população mais vulneráveis. A gerente administrativa me informou que a instalação da porta já foi solicitada. Estaremos acompanhando o caso".

Com este caso o Sindicato contabiliza seis ações entre assaltos e tentativas e mais de 40 arrombamentos a caixas eletrônicos em todo o Estado, principalmente na Grande Cuiabá.

Os mais recentes ocorreu no caixa eletrônico do Banco do Brasil que fica no Supermercado Modelo da Miguel Sutil, na madrugada de segunda-feira. Os bandidos renderam cinco pessoas e deixaram para trás o "kit – arrombamento" – maçarico, botijão de gás, cilindro de oxigênio e alavanca utilizados para arrombar os caixas.

Fonte: Diário de Cuiabá

Walmar Pessoa
Author: Walmar Pessoa

WebMaster