Uma quadrilha fortemente armada assaltou ontem, por volta das 11h, a agência do Banco do Brasil de Nova Mutum (264 km de Cuiabá). Os assaltantes renderam os funcionários, fizeram quatro clientes de reféns e fugiram levarando todo o dinheiro do banco. Os reféns foram libertados em estrada que liga Mutum ao município de São José do Rio Claro.

Segundo a Polícia Militar, os bandidos atiraram contra a porta de vidro da agência e também efetuaram várias disparos em direção à rua, assustando e colocando em risco as pessoas que trafegavam pelo local. Os assaltantes estavam vestidos de preto e encapuzados, vários clientes que utilizavam os serviços de caixas eletrônicos foram obrigados a deitar no chão, enquanto os criminosos roubavam o dinheiro. A quantia não foi divulgada pela agência bancária.

Conforme a Polícia Militar, os reféns levados pela quadrilha que assaltou o Banco foram liberados, sendo que um deles, soldado da PM, foi deixado às margens da rodovia que liga Mutum ao município de São José do Rio Claro.

Preocupado com essas vulnerabilidades, o SEEB/MT, irá tomar providências e cobrar do BB, medidas de segurança, que protejam seus clientes e funcionários.

O diretor do SEEB/MT e funcionário do BB, Alex Rodrigues, entrou em contato por telefone com alguns funcionários da agência para prestar solidariedade. " Todos diretores do sindicato quando souberam do assalto ficaram apreensivos e preocupados com os bancários, por isso ligamos para os colegas do BB e graças a Deus, nos informaram que foi um grande susto, mas todos estavam bem", conclui.

O sindicato irá protocolizar um ofício solicitando ao banco a emissão da CAT, (Comunicado de Acidente de Trabalho) resguardando assim a integridade física e mental do bancário, vítima do assalto.

Fonte: Seeb MT

Walmar Pessoa
Author: Walmar Pessoa

WebMaster