DSC 0483

 

DSC 0483

Seguindo a agenda de luta em defesa da democracia e dos direitos sociais, os bancários paralisaram as atividades durante uma hora, na última terça-feira (10), retardando o atendimento ao público, com abertura das agências às 11h.

Em João Pessoa, o Sindicato dos Bancários da Paraíba coordenou as atividades do Dia Nacional de Luta, em consonância com as orientações da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT), que aderiu às manifestações da Frente Brasil Popular e outros movimentos em prol da democracia e contra o golpe.

A mobilização parou a rotina de milhares de trabalhadores paraibanos desde às 5h da manhã desta terça, com o objetivo de informar à população sobre os riscos da grave situação política no país e as conseqüências para a classe trabalhadora. Linhas de ônibus, estações de trens e trechos das principais rodovias federais que cortam o estado foram parcialmente interditados.

O presidente do Sindicato dos Bancários da Paraíba, Marcos Henriques, avaliou positivamente a participação da categoria profissional nas atividades de hoje. “Precisamos alertar a sociedade sobre a verdadeira intenção dos golpistas, que querem derrubar a presidenta da República a qualquer custo, em nome da moralidade e contra a corrupção. O que eles querem é impor uma nova ordem, começando pela terceirização irrestrita e retirada de direitos históricos dos trabalhadores, rasgando literalmente a CLT. E vamos continuar lutando contra essas manobras espúrias!”, concluiu.

 

 

Walmar Pessoa
Author: Walmar Pessoa

WebMaster