Crédito: Seeb Campina Grande
Seeb Campina GrandeTrabalhadores rejeitaram proposta de 6,1% dos bancos

Por unanimidade, os bancários de Campina Grande e Região, no interior da Paraíba, aprovaram paralisar suas atividades por tempo indeterminado a partir da próxima quinta-feira, dia 19. A greve foi decidida em assembleia realizada na noite desta quinta-feira, 12, no auditório do Sindicato.

Durante a assembleia, o presidente do Sindicato, Rostand Lucena, lembrou da importância da participação efetiva de todos os bancários e convocou a categoria para luta. “Não podemos fazer uma greve de faz de conta. A greve é atividade, é participação, é o instrumento que o trabalhador tem para avançar e desfrutar dos seus direitos”, ressaltou.

De acordo com Rostand Lucena, os bancos pouco se preocupam com os trabalhadores. “O objetivo da mobilização não é só salarial, mas sim por melhores condições de trabalho e segurança. Se não fizermos algo agora, os bancos irão querer suprimir nossos direitos”, destacou.

A decisão de parar as atividades foi tomada depois que os banqueiros frustraram as expectativas da categoria e não apresentaram uma proposta satisfatória as reivindicações dos bancários, na última rodada de negociação realizada com o Comando Nacional no dia 5 de setembro.



Fonte: Contraf-CUT com Seeb Campina Grande

Walmar Pessoa
Author: Walmar Pessoa

WebMaster