Crédito: Seeb MT
Seeb MTTrabalhadores permanecem em greve

Foi por unanimidade a rejeição da proposta de 7,1% apresentada pela Federação Nacional dos Bancários. Os bancários definiram em assembleia realizada nesta segunda-feira (7), no auditório do Sindicato dos Bancários de Mato Grosso (SEEB-MT), que a greve continua por tempo indeterminado. Os trabalhadores caminham para o 20º dia de paralisação em todo Estado e no Brasil. 

Enquanto a Fenaban apresenta proposta de 7,1% de reajuste, os bancários lutam por 11,9%, além de mais segurança, mais contratações, melhores condições de trabalho, valorização da categoria, entre outros. A greve dos bancários teve início no dia 19 de setembro e já paralisa 210 agências somente em Mato Grosso. 

O presidente do SEEB-MT, José Guerra, afirma que a categoria demonstrou na assembleia que está insatisfeita e decidida a lutar por conquistas nesta campanha nacional. Guerra observa que os bancos podem oferecer proposta melhor uma vez que os lucros são estratosféricos. 

“Somente os seis maiores bancos lucraram no Brasil R$ 29,6 bilhões, isso no primeiro semestre deste ano. Quantas vidas estão sendo colocadas em risco nas agências por falta de segurança e quantos estão adoecendo devido à sobrecarga de trabalho? Muitos são os trabalhadores vítimas da desvalorização e da ganância dos banqueiros. Nossa greve continua e segue ainda mais forte”, diz. 

Greve em todo Estado 

Os municípios que estão fortes na luta dos bancários são Cuiabá, Várzea Grande, Poconé, Cáceres, Campo Novo do Parecis, Lucas do Rio Verde, Nobres, Chapada dos Guimarães, Santo Antonio Leverger, Rosário Oeste, Tangara da Serra, Sinop, Sorriso, São Jose dos Quatro Marcos, Rio Branco, Vila Bela da Santíssima Trindade, Nova Mutum, Alta Floresta, Barra do Bugres, Pontes e Lacerda, Mirassol D’ Oeste, Arenápolis, Juína, Comodoro, Nortelândia, Araputanga, Nova Olimpia, Jauru, Nova Ubiratã, Juara, Tapurah, Guarantã do Norte, Denise, Sapezal, Rondonópolis, Pedra Preta,m Campo Verde, Jaciara, Alto Araguai, Alto Taquari, Guiratinga, Poxoréo,m São Felix do Araguaia, Confresa, Ara Garças, Barra do Garças, Torixoréo, Bom Jardim, Água Boa


Fonte: Contraf-CUT com Marcela Britto – Seeb MT

Walmar Pessoa
Author: Walmar Pessoa

WebMaster