Em virtude de notícias recentes veiculadas na imprensa regional, o Sindicato dos Bancários de Sergipe solicita à presidência do Banco do Estado de Sergipe (Banese) informações oficiais relativas a suposto fechamento de agências bem como a abertura de licitações para que correspondente bancário atue como agente(s) intermediário(s) do banco estadual em municípios sergipanos.  O documento do SEEB/SE foi enviado na tarde da última quarta-feira (4) à direção do Banese.

De acordo com a presidente do Sindicato dos Bancários de Sergipe, Ivânia Pereira, “as notícias soltas” promovem certa insegurança para baneseanos e baneseanas assim como para as comunidades beneficiadas com a presença do banco.

“O sindicato quer informações e motivos de possíveis fechamentos de agências no interior e supostas substituições dessas unidades por ‘correspondentes bancários’, Ponto Banese ou similares. Há alguns anos, o sindicato vem atuando de forma decisiva em defesa do banco estadual e contra todas as tentativas de fragilizar esse patrimônio sergipano. E, justamente no momento em que o banco supera suas dificuldades, com condições de ampliar os produtos ofertados ao mercado e até melhorar o atendimento, o presidente do Banco, segundo pronunciamento de deputado estadual, apresenta um plano de encolhimento e de terceirização. O Banese precisa cumprir com transparência o seu papel social ajudando no desenvolvimento econômico e social das comunidades sergipanas e valorizando o trabalho de seus funcionários e funcionárias”, afirmou Ivânia Pereira. 

Fonte: Seeb SE

Walmar Pessoa
Author: Walmar Pessoa

WebMaster