Crédito: BANCÁRIOS/VCR
BANCÁRIOS/VCR
Nas 45 cidades que compõem a base territorial do Sindicato, cerca de 1.130 bancários trabalham em 91 agências

Os bancários de Vitória da Conquista e região paralisaram as suas atividades na manhã desta terça-feira (06). A greve da categoria bancária acontece em todo País e é uma a resposta ao baixíssimo índice de reajuste apresentado pela Federação Nacional dos Bancos (Fenaban).

Nas 45 cidades que compõem a base territorial do Sindicato dos Bancários de Vitória da Conquista e Região, cerca de 1.130 bancários atendem um público estimado de 2 milhões de pessoas em 91 agências.

Depois de dois meses de negociação, os representantes dos bancos se negaram a apresentar qualquer melhoria para os trabalhadores bancários. Os bancos, de forma desrespeitosa, ofereceram apenas 5,5%, o que representa perda real de 4% para os salários e demais verbas da categoria, já que a inflação acumulada de agosto ficou em 9,88%.

A pauta dos bancários se justifica porque, mesmo com a crise econômica, os cinco maiores bancos do país (Banco do Brasil, Caixa, Bradesco, Itaú-Unibanco e Santander) já lucraram juntos mais de R$ 36,3 bilhões, somente no primeiro semestre de 2015. A greve continua por tempo indeterminado até que os bancos apresentem uma proposta que contemple às reivindicações da categoria.

Fonte: BANCÁRIOS/VCR

Walmar Pessoa
Author: Walmar Pessoa

WebMaster