A Contraf-CUT, em conjunto com sindicatos, federações e Afubesp, enviou nesta sexta-feira, dia 12, um documento ao Santander, cobrando "o imediato pagamento de parcela adicional de PLR do exercício de 2008 no sentido de valorizar os trabalhadores, principais responsáveis pelos resultados da empresa". Após várias negociações, os bancários realizaram três dias nacionais de luta, reivindicando a melhoria da PLR, além do fim das demissões e da manutenção de direitos.

"O banco pagou bônus de até R$ 1,4 milhões para superintendentes e fixou remuneração anual média de R$ 8,6 milhões para cada um dos 26 diretores-executivos. É inaceitável que não haja dinheiro para pagar o adicional da PLR aos trabalhadores", reitera o funcionário do Santander e secretário de imprensa da Contraf-CUT, Ademir Wiederkehr.

"Queremos respeito ao Brasil e aos trabalhadores brasileiros. Os verdadeiros responsáveis pelos lucros estrondosos são os bancários das agências e departamentos, que têm contato direto com os clientes e garantem a realização dos negócios que dão lucro para o banco", afirma a diretora do Sindicato dos Bancários de São Paulo, Rita Berlofa.

As entidades também solicitam "a marcação de uma negociação, dentro da maior brevidade possível, para iniciarmos a discussão sobre PPR e retomarmos a discussão sobre a necessidade da suspensão das demissões e construção de mecanismos de manutenção dos empregos". Segundo dados do Sindicato, cerca de 3.300 postos de trabalho foram fechados entre março de 2008 e março de 2009 em todo o País, apesar das alternativas negociadas com o banco espanhol para abrir vagas e evitar dispensas.

Os bancários propõem ainda "negociar mudanças nos planos de previdência complementar, especialmente no HolandaPrevi, e nos convênios de assistência médica e odontológica, de modo que sejam mantidas e ampliadas as conquistas dos funcionários, sem nenhuma redução de direitos".

Em vez de estender o antigo HolandaPrevi, do Real, para os demais bancários sem plano de previdência com patrocinadora, o Santander criou um novo plano. Para os sem-prev, a proposta é razoável, mas precisa de avanços, pois não considera o tempo de casa e nem faz aporte que possibilite um acúmulo de reservas. Mas para quem já tem o HolandaPrev, a alteração é péssima, com redução de até mais de 50% nas contribuições do banco. Ninguém deve fazer adesão. Além do mais, os bancários têm prazo de 60 dias, a partir do dia 1º de junho, para fazer a escolha.

Veja a íntegra do documento:

São Paulo, 12 de junho de 2009.

Ao
Banco Santander Brasil S.A.
Superintendência de Relações Sindicais
Sr. Gilberto Trazi

Ref.: Pagamento do Adicional de PLR e retomada das negociações

Considerando o término do primeiro semestre de 2009, vimos reivindicar o imediato pagamento de parcela adicional de PLR do exercício de 2008 no sentido de valorizar os trabalhadores, principais responsáveis pelos resultados da empresa.

Solicitamos também a marcação de uma negociação, dentro da maior brevidade possível, para iniciarmos a discussão sobre PPR e retomarmos a discussão sobre a necessidade da suspensão das demissões e construção de mecanismos de manutenção dos empregos. Para tanto, reivindicamos o acesso aos números de inscritos e atendidos no Centro de Realocação Profissional e das adesões aos programas de incentivo à aposentadoria: Licença Remunerada Pré-aposentadoria (pijama) e Abono Indenizatório.

Ainda propomos negociar mudanças nos planos de previdência complementar, especialmente no HolandaPrevi, e nos convênios de assistência médica e odontológica, de modo que sejam mantidas e ampliadas as conquistas dos funcionários, sem nenhuma redução de direitos.

Além disso, pretendemos agendar reuniões discutidas no âmbito do Comitê de Relações Trabalhistas e por ocasião da exposição da cartilha sobre as "novas políticas" para os funcionários, como a apresentação do novo Plano de Cargos e Salários.

Reivindicamos ainda resposta à nossa correspondência do dia 26 de maio sobre a instalação do Grupo de Trabalho do Banesprev.

No aguardo de sua resposta, reiteramos as nossas

Cordiais Saudações

CONTRAF-CUT/Fetec-CUT-SP
Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco, Região
Sindicatos e Federações Cutistas
Feeb-SP/MS
AFUBESP

Fonte: Contraf-CUT

Walmar Pessoa
Author: Walmar Pessoa

WebMaster