mapa ocorrencia topo

mapa ocorrencia topoBandidos espalharam grampos na pista e efetuaram pelo menos 20 tiros, ao efetuarem a 21ª explosão a bancos na Paraíba em 2013 – Pelo menos cinco assaltantes detonaram terminais de autoatendimento de uma agência do Banco do Brasil, na cidade de Jacaraú, Litoral Norte do estado. Segundo a polícia, na fuga os bandidos espalharam grampos na pista impedindo que carros da polícia perseguissem os suspeitos, já que tiveram os pneus furados.

Segundo informações da polícia, os cinco assaltantes chegaram em uma caminhonete à cidade de Jacaraú por volta das 2h desta quarta-feira e levaram o dinheiro de três caixas eletrônicos. Durante a fuga, em direção à cidade de Nova Cruz, no Rio Grande do Norte, os criminosos efetuaram pelo menos 20 disparos. Não há informações sobre feridos. A cidade de Jacaraú fica a 94 KM de João Pessoa. 

Dados do Sindicato dos Bancários do estado revelam ainda que o número de ações criminosas contra agências bancárias da Paraíba chega a 65 ocorrências. Ao todo, foram 21 explosões, 11 assaltos, 19 arrombamentos, 11 tentativas de assaltos, arrombamentos ou explosões. O número de um crime conhecido como saidinha de banco nos meios policiais chega a três.

Terror em Princesa Isabel

Na manhã da terça-feira (28), bandidos aterrorizaram a cidade de Princesa Isabel, Sertão da Paraíba. De acordo com a polícia, o bando metralhou casas e carros para fugir da cidade. O secretário de Segurança, Cláudio Lima, disse que na manhã desta quarta-feira a busca vai ganhar o auxílio de um helicóptero da polícia de Pernambuco.

Os cerca de dez assaltantes fugiram levando reféns e, na estrada, deixaram carros incendiados para dificultar a perseguição policial. Segundo testemunhas, antes de deixarem a cidade, os assaltantes ficaram atirando a esmo na cidade por cerca de 40 minutos para assustar os moradores da cidade. Árvores, muros, casas, carros e inclusive viaturas da polícia foram atingidos por tiros. No entanto, não há registro de feridos.

Uma das testemunhas, que não se identificou por estar com medo, disse que foi abordada dentro do banco e foi levada pelo grupo até uma loja próxima onde foi deixada junto com outras testemunhas. “Eles disseram que não queriam levar mulheres nem idosos”, contou.

Fonte: SEEB – PB, com G1 Paraíba

Walmar Pessoa
Author: Walmar Pessoa

WebMaster