osnonatos_036r.jpg

osnonatos_036r.jpgHoje (18) está fazendo um ano que a dupla Os Nonatos anunciou para o público presente ao Espaço Cultural Marcos Lucena e para as câmeras: "A cada quinze dias, aqui no Sindicato dos Bancários tem essa festa da cultura; a melhor música, a melhor declamação, o melhor livro, os poetas, os declamadores, os intérpretes, os compositores, os cantores, todas as artes são difundidas aqui no Cantos & Contos. E a nossa re-estréia não podia ser mais bonita, nem mais calorosa. A platéia está ó, daqui!"

Três programas foram gravados naquela noite. De lá para cá, a poesia, a música, o aboio, o repente e a prosa leve, livre e solta passaram a ser uma constante no Sindicato dos Bancários, nas gravações do programa produzido por Celso Soares e Isabel e apresentado por Raimundo Nonato e Nonato Costa. O ambiente confortável, amplo estacionamento, gratuidade do acesso, segurança e infra-estrutura com serviço de bar e restaurante, contribuíram para o sucesso do evento nesses últimos doze meses.  

Na Mesa da Cultura passaram os mais variados destaques, desde escritores, poetas, compositores, apresentadores, produtores culturais, empresários, divulgadores, jornalistas, repórteres, políticos, representantes dos movimentos sociais e muitos bancários, tanto da ativa quanto aposentados.

E foi nesse contexto que a dupla Os Nonatos se inspirou para apresentar atrações como: Irah Caldeira, Maciel Melo, Alcymar Monteiro, Adelmário Coelho, Galego Aboiador, Nando Cordel, Dorgival Dantas, Pinto do Acordeon, Geraldinho Lins, Cristina Amaral, Santanna – o cantador, Fábio Carneirinho, Swing Nordestino, Edu & Maraial, Aleijadinho de Pombal, Israel Filho, Geraldinho Lins, Forró Caçuá, Verônica Ryos, Waldonys, Chiquinho de Belém, Beto Ortiz, Chico Pedroza, Delmiro Barros, Feitosa Nunes, Amâncio Aboiador, Raulino Silva, Vozes do Campo, Genival Lacerda, Flávio Leandro, Amazan, Biliu de Campina, Flávia Wenceslau, Niedson Lua, Fim de Feira, Os Três do Nordeste, Targino Gondim e a própria dupla Os Nonsatos, entre tantos outros ícones da cultura nordestina.

E cada convidado foi brindado com uma poesia específica:
 

(Chiquinho de Belém)
Santo Antônio e São João
Fazem a festa deste mês
Porque ao redor dos três
São Pedro é o capitão.
Dita as regras do salão
Com o fogueiral no terreiro.
O santo casamenteiro
Casa, batiza e namora
Menina, moça e senhora.
E haja xote o mês inteiro.
os_trs_do_nordeste.jpg
(Os três do Nordeste)
Nessa manhã de alegria
Com quem dança, toca e canta
Eu vi a trindade santa:
Jesus, José e Maria.
Três partes que tem o dia,
Três roupas que a gente veste.
Já fiz três tipos de teste
Com as três pirâmides do Egito
E não vi nada mais bonito
Do que Os Três do Nordeste…
vernica_ryos_e_herdeiros_do_forr.jpg
(Verônica Ryos e Herdeiros do Forró)
Noutra fonte a musa bebe.
Nonato versus Nonato,
A sede do Sindicato
Dos Bancários nos recebe.
Classe média, elite e plebe,
Todo mundo se mistura.
A nossa propositura
É a arte popular,
Pondo em primeiro lugar
Deus, o povo e a cultura!
osnonatos09072008_052.jpg
(Irah Caldeira)
O povo de João Pessoa
Separa o trigo do joio.
Estamos no ar de novo
Com cantoria e aboio
E Deus apóia tudo aquilo
Que o povo dá seu apoio.
O Pernambuco lhe adora,
O Recife lhe abençoa.
Pra matar nossa saudade,
Que nos sufoca e atordoa,
Trouxemos uma cantora
Que só canta coisa boa:
A voz mais bela de Minas
Veio encantar João Pessoa.

230720080052r.jpg
(Vozes do Campo)
Se existe a sinceridade
Ela pertence a papai:
É construção que não cai,
É marco da honestidade.
Pra lhe esconder a verdade,
Eu nem consigo falar.
Eu tento desconversar,
Mesmo assim eu não consigo;
Meu pai, meu melhor amigo,
Com ele eu posso contar.
 

Walmar Pessoa
Author: Walmar Pessoa

WebMaster