Um grupo de assaltantes cometeu uma tentativa de assalto a um carro-
forte na tarde de segunda-feira (17) dentro do Shopping Paralela, em Salvador. De acordo com a Central de Polícia (Centel), vigilantes reagiram à abordagem e trocaram tiros com os criminosos.

Um dos assaltantes ficou baleado na ação, os demais fugiram pela avenida Paralela, no sentido Aeroporto. A Centel ainda não confirmou o número de criminosos e vigilantes envolvidos no tiroteio, que aconteceu por volta de 17h30.

Segundo testemunhas, uma mulher teria ficado baleada durante a ação, mas de acordo com a assessoria de imprensa do Shopping, ela teria sido atingida no pé apenas por estilhaços de vidro quebrados pela bala e ficou levemente ferida.

A cliente foi prontamente atendida pela equipe de emergência do empreendimento, que prestou os primeiros socorros. Em seguida ela foi atendida por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU).

Os disparos aconteceram no primeiro piso do Shopping Paralela, onde o carro-forte atendia uma agência do Itaú, próximo ao mercado Super
Ideal.

De acordo com testemunhas, os tiros causaram confusão e gritaria dentro do shopping. Lojas fecharam as portas imediatamente com receio de que estava sendo realizado um arrastão.

Acesso exclusivo

Segundo o presidente da Confederação Nacional dos Vigilantes, José Boaventura, essa é mais uma demonstração clara de que a forma como os bancos instalam agências, Postos de Atendimento Bancário (PAB) e caixas eletrônicos não está correta.

“Durante as operações, tanto os vigilantes quanto os funcionários do banco e pessoas que transitam pelo local são expostos a altos riscos. O que nós queremos é que as agências, PAB’s e caixas eletrônicos sejam instalados em locais que os vigilantes de carro-forte possam ter acesso exclusivo para fazer o abastecimento”, defendeu.

Fonte: CNTV

Walmar Pessoa
Author: Walmar Pessoa

WebMaster