O cliente Cassimiro Santos, 52 anos, baleado durante um assalto ocorrido quando saía de uma agência do Itaú, não resistiu a mais uma cirurgia e morreu na noite de segunda-feira (28), no Hospital Geral do Estado (HGE).

Cassimiro, que era dono de duas bombonieres, teve uma perna amputada e estava na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), segundo informou a assessoria de comunicação do HGE.

Ele foi assaltado no último dia 14, quando deixava o Itaú, localizado na Rua João Pessoa, no centro de Maceió. Ao ser abordado pelo ladrão, o comerciante reagiu, mas, um outro, que dava cobertura, aproximou-se e atirou atingindo-o na perna.

Ele foi socorrido para o HGE, onde foi submetido a procedimentos cirúrgicos.

Os criminosos fugiram a pé levando a quantia de R$ 1.200. Um deles, identificado como Flávio Amário Alves, de 32 anos, foi preso minutos depois com o dinheiro e um revólver.

Fonte: Primera edição

Walmar Pessoa
Author: Walmar Pessoa

WebMaster