O cliente Jobel Pereira de Andrade, 41 anos, foi morto a tiros na segunda-feira (12), às 15h30, no estacionamento de um banco na rua São Caetano, na Luz (região central de São Paulo). Ele era soldado da Polícia Militar. No ataque, o soldado aposentado Josevaldo Pereira Santos, 46 anos, ficou ferido.

Segundo a Polícia Civil, os soldados foram baleados por ladrões logo depois de terem sacado dinheiro em uma agência bancária – o valor não foi divulgado nem o nome da instituição financeira. Foi mais um crime de "saidinha de banco".

Neste ano, 93 PMs foram assassinados no Estado.

A Polícia Civil apurou que Andrade estava de folga e à paisana e tinha ido sacar dinheiro com Santos para uma empresa situada no Canindé (zona norte) onde ambos trabalhavam.

Andrade era do Comando de Policiamento de Choque. Santos trabalhou na mesma unidade.

Fonte: Contraf-CUT com Agora

Walmar Pessoa
Author: Walmar Pessoa

WebMaster