A Comissão de Organização dos Empregados (COE) do Itaú se reúne, nesta quinta-feira (17), na sede da Contraf-CUT, para discutir emprego e o Programa de Complementar de Resultado (PCR), entre outras questões.

Na questão do emprego, a principal preocupação dos funcionários do Itaú é a informação divulgada recentemente pela imprensa de que o banco pretende fazer uma drástica redução no número das agências de tijolos, substituindo-as por agências digitais e que significará a redução de 30 mil postos de trabalho.

“A redução de funcionários com a substituição por agências virtuais já está afetando o emprego, queremos aprofundar este debate para discutir com o Itaú” afirma Jair Alves, coordenador da COE.

Quanto ao PCR, os bancários querem discutir o reajuste do valor, tendo em vista os bons resultados que o banco tem apresentado.

Fonte: Contraf-CUT

Walmar Pessoa
Author: Walmar Pessoa

WebMaster