Momento da assinatura do termo

Momento da assinatura do termo

A Contraf-CUT assinou, na tarde desta terça-feira (3), em São Paulo, o Termo de Entendimento com o HSBC referente ao acordo da Campanha Nacional 2015, que garante o pagamento de gratificação especial no valor de R$ 3 mil.

A coordenação do Comando Nacional dos Bancários conseguiu garantir em negociação com o banco, o pagamento da gratificação de R$ 3 mil diante de um quadro em que o banco está saindo do Brasil e, além disso, ofereceu uma PLR aos trabalhadores pequena, em torno de R$ 250.

Segundo o presidente da Contraf-CUT, Roberto von der Osten, o HSBC é emblemático. “O banco, que vai encerrar suas atividades no Brasil, vai cumprir o acordo com a Fenaban e vai pagar a PLR para seus funcionários. Nós conseguimos ainda, apesar do lucro muito baixo da instituição financeira, além da participação do resultado – mesmo que pequena, negociar uma gratificação de R$ 3 mil. Isso é um ganho extraordinário da unidade dos trabalhadores do HSBC”, ressaltou.

De acordo com o diretor da Contraf-CUT, Sérgio Siqueira, a união dos trabalhadores conseguiu arrancar uma gratificação nos moldes do ano passado. “Não a contento, mas graças à forte luta dos sindicatos e da Contraf-CUT, foi possível arrancar uma gratificação de 3 mil reais. Lamentavelmente, ao longo dos anos, quando chegava no período de pagamento de PLR e PPR, o HSBC sempre supervalorizava seu provisionamento ao apresentar o seu balanço, diferente do restante dos outros bancos. Desta maneira os altos executivos do banco sempre recebiam grandes bônus na participação dos lucros da instituição e o restante dos trabalhadores deixavam de receber. Por isso, mais uma vez, a forte mobilização garantiu esta conquista”, avaliou Sérgio e acrescentou que o principal viés agora, durante o processo de encerramento das atividades no Brasil, é a luta pela garantia de empregos.

Em até dez dias após a data de hoje (3), da assinatura do termo, o pagamento da gratificação deve vir junto com a antecipação da Participação nos Lucros Resultados. O valor será pago a todos os funcionários entre os níveis 13 e 24, excetuados os níveis de gestão que têm direito a PPR. Segundo o HSBC, 71% dos bancários receberão os R$ 3 mil.

Clique aqui e veja a íntegra do Termo de Entendimento do HSBC.

Fonte: Contraf-CUT

Walmar Pessoa
Author: Walmar Pessoa

WebMaster