A Contraf-CUT, federações e sindicatos se reúnem nesta quarta-feira (19), às 10 horas, com o Bradesco, na Cidade de Deus, em Osasco (SP), para discutir a concessão de vale-cultura para os bancários, um dos três itens que integram o calendário prévio definido na negociação ocorrida no último dia 28 de maio. A reivindicação faz parte da pauta específica de reivindicações da Campanha Nacional de Valorização dos Funcionários.

“O vale-cultura está previsto na lei federal nº 12.761, de 27 de dezembro de 2012, que instituiu o Programa de Cultura do Trabalhador, mas depende da adesão das empresas”, afirma Elaine Cutis, diretora da Contraf-CUT e coordenadora da Comissão de Organização dos Empregados (COE) do Bradesco.

Também nesta quarta ocorre a primeira reunião do grupo de trabalho sobre reabilitação profissional, criado no último dia 6 para a elaboração de um programa, com base na cláusula 43ª da Convenção Coletiva de Trabalho (CCT).

“A inserção do movimento sindical é importante na elaboração, implantação e acompanhamento do programa”, salienta Elaine.

Enquanto isso, a mobilização continua em todo país. “A campanha está nas ruas com muita garra e energia. A ideia é intensificar as atividades e assim conquistarmos o atendimento das demandas dos funcionários”, ressalta. “Bancário não é lata. É gente como você, gente de verdade”, aponta o slogan da campanha.

Fonte: Contraf-CUT

Walmar Pessoa
Author: Walmar Pessoa

WebMaster