Sindicatos e federações devem enviar resultados até 11 de julho

O Comando Nacional dos Bancários, coordenado pela Contraf-CUT, aprovou o questionário para a consulta à categoria sobre a Campanha 2014, que pode ser acessado na seção downloads do site. A consulta deverá ser feita pelos sindicatos, como forma de buscar a participação da categoria e subsidiar a construção da pauta nacional de reivindicações.

Construir um processo democrático e participativo

“É fundamental ouvir a opinião de cada bancário e bancária no seu local de trabalho, reafirmando desde o início o processo democrático e participativo, a fim de auxiliar os debates nas conferências e construir mais uma campanha vitoriosa para a categoria”, destaca Carlos Cordeiro, presidente da Contraf-CUT e coordenador do Comando Nacional.

A consulta deve ser aplicada, sobretudo, para aferir quais são as prioridades, demandas e principais preocupações dos bancários e bancárias de todo país. Os resultados obtidos servirão de base para a elaboração da minuta nacional de reivindicações, que será entregue à Fenaban.

Entre as questões apresentadas, destacam-se as reivindicações de remuneração fixa e variável, como o índice de reajuste salarial. O questionário também pergunta sobre quais devem ser as demandas prioritárias de emprego, saúde, segurança e condições de trabalho. Além disso, é perguntado sobre a disposição de participar da campanha.

Apuração e divulgação dos resultados

Os dados das consultas devem ser totalizados em cada sindicato ou federação, sendo um valioso subsídio para análise nas conferências estaduais ou regionais.

Todos os números obtidos devem ser também informados para a Secretaria-geral da Contraf-CUT pelo e-mail contrafcut@contrafcut.org.br até o dia 11 de julho, através do preenchimento de um modelo específico enviado para as entidades, a fim de facilitar a apuração nacional.

O resultado final da consulta será apresentado durante a 16ª Conferência Nacional dos Bancários, que será realizada entre 25 e 27 de julho, em Atibaia, interior de São Paulo.


Fonte: Contraf-CUT

Walmar Pessoa
Author: Walmar Pessoa

WebMaster