Contraf-CUT

Almir Aguiar, secretário de Combate ao Racismo, representou a Contraf-CUT no encontro - Contraf-CUT

Almir Aguiar, secretário de Combate ao Racismo, representou a Contraf-CUT no encontro

A Contraf-CUT participou, na segunda-feira (7), da reunião da Comissão Estadual da Verdade da Escravidão Negra do Brasil da Ordem dos Advogados do Brasil, no Rio de Janeiro.

Almir Aguiar, secretario de Combate ao Racismo da Confederação, contou que no encontro, na sede da OAB-RJ, foi estabelecido o calendário de atividades do movimento. “Vamos realizar quatro grandes atividades em 2016, além de visitar os 11 municípios onde ocorreram as audiências públicas que resultaram no relatório final da primeira fase do projeto.”

Para ele, o mais importante no momento é fazer com que o governo brasileiro reconheça seu envolvimento histórico com a escravidão, assim como o Governo do Estado do Rio de Janeiro reconheça, formalmente, o envolvimento da Corte Imperial na prática do crime de escravidão. “Foram 350 anos de escravidão em nosso país. O período mais longo e o mais cruel da nossa história. O governo precisa reparar esse erro histórico, que traz consequências até os dias de hoje, no trabalho e na vida da população”, lamentou.

Fonte: Contraf-CUT

Walmar Pessoa
Author: Walmar Pessoa

WebMaster