A Contraf-CUT, na qualidade de representante dos bancários, participa nesta quarta-feira, dia 6, às 9h, da 90ª reunião da Comissão Consultiva para Assuntos da Segurança Privada (CCASP), do Ministério da Justiça, sob coordenação do Departamento de Polícia Federal, em Brasília. Essa será a segunda reunião da CCASP em 2011.
 

Estarão em pauta 329 processos, dos quais 83 contra bancos, em razão do descumprimento da lei federal nº 7.102/83 e das normas de segurança. Os demais processos envolvem empresas de vigilância, transportes de valores e centros de formação de vigilantes.

"São processos movidos pelas delegacias estaduais de segurança privada (Delesp), no importante trabalho de fiscalização dos bancos e das empresas de segurança, o que é fundamental para proteger a vida de bancários, vigilantes e clientes", destaca o secretário de imprensa da Contraf-CUT e coordenador do Coletivo Nacional de Segurança Bancária, Ademir Wiederkehr.

A CCASP é um fórum tripartite, com representantes do governo, trabalhadores (bancários e vigilantes) e empresários. Nos últimos anos, as reuniões têm sido em média trimestrais.

A 90º reunião da CCASP será a primeira a ser presidida pelo novo titular da Coordenação-Geral de Controle de Segurança Privada (CGCSP) da Polícia Federal, delegado Clyton Eustáquio Xavier. Ele substitui o delegado Adelar Anderle, cuja foto será afixada, durante solenidade, na Galeria dos Ex-Dirigentes da CGCSP.

Reunião do Coletivo Nacional de Segurança Bancária

Nesta terça-feira, dia 5, véspera da 90ª reunião da CCASP, a Contraf-CUT reúne os representantes das federações que integram o Coletivo Nacional de Segurança Bancária. O encontro ocorre, às 14 horas, no prédio do Sindicato dos Bancários de Brasília (EQS 314/315 – Bloco A – Asa Sul).

"Vamos analisar os processos que estarão em julgamento e discutir outros assuntos envolvendo a melhoria da segurança", destaca Ademir.

Fonte: Contraf-CUT

Walmar Pessoa
Author: Walmar Pessoa

WebMaster