A Contraf-CUT e o Coletivo Nacional de Segurança Bancária participam nesta quinta-feira, dia 4, às 9h, da 81ª reunião da Comissão Consultiva para Assuntos de Segurança Privada (CCASP), no Auditório da CGCSP/DIREX da Polícia Federal (PF), em Brasília.

Trata-se de um fórum tripartite, do Ministério da Justiça, sob coordenação da PF, onde diversos processos movidos pela delegacias estaduais da PF contra bancos e empresas de vigilância e transporte de valores são julgados, em razão do descumprimento da lei federal nº 7.102/83 e das normas de segurança.

Na última reunião, ocorrida em abril, o Banco do Brasil foi o campeão de multas com R$ 580 mil. A maioria pelo funcionamento sem o plano de segurança aprovado pela PF. Em segundo lugar veio o Bradesco, com R$ 330 mil. No total, foram R$ 1,805 milhão de multas aos bancos. Além disso, quatro agências (três do Mercantil do Brasil e uma do BicBanco) foram interditadas.

Reunião preparatória

O Coletivo Nacional de Segurança Bancária se reunirá nesta quarta-feira, dia 3, às 15h, na sede da Contraf-CUT, em Brasília, para preparar a participação da Confederação na 81ª CCASP. Além disso, será analisada a última versão do projeto de estatuto de segurança privada da PF.

Antes disso, no entanto, os integrantes do Coletivo Nacional acompanharão a reunião da Comissão Especial de Segurança Privada, no plenário 16 da Câmara dos Deputados. A pauta estabelece a votação de requerimentos.

Fonte: Contraf-CUT

Walmar Pessoa
Author: Walmar Pessoa

WebMaster