Crédito: Contraf-CUT
Contraf-CUT

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Dirigentes sindicais e profissionais de imprensa iniciaram debates

A Contraf-CUT promoveu nesta terça-feira (3) a primeira reunião específica para discutir a construção da mídia da Campanha Nacional dos Bancários 2014, em São Paulo. O encontro contou com a participação de representantes de entidades sindicais, especialmente diretores de comunicação e profissionais de imprensa, além da Fenae.

Antes dos debates, houve uma apresentação de campanhas anteriores, desde 1997, mostrando que não é de hoje que os bancários utilizam a comunicação para mobilizar a categoria, pressionar os bancos e dialogar com os clientes e a sociedade. As últimas mídias tiveram como slogans:

– 2009: Bancos abusam. Cadê a responsabilidade social?
– 2010: Outro banco é preciso. Pessoas em primeiro lugar
– 2011: Banco não respeita trabalhador. Queremos emprego decente
– 2012: Banqueiro, chega de truques!
– 2013: Vem pra luta, bancário!

“Foi dado o primeiro passo para começar a definir um conceito para a proposta de mídia nacional deste ano. Trata-se de um processo coletivo e democrático, que visa unificar a marca da campanha para fortalecer a unidade da categoria, indispensável para seguir no rumo de novas conquistas e sem retrocessos”, avalia o secretário de imprensa da Contraf-CUT, Ademir Wiederkehr.

Os debates realizados serão agora discutidos no âmbito interno de cada entidade. Nova reunião foi agendada para o próximo dia 25 de junho, às 14 horas, igualmente na sede da Contraf-CUT.

As reuniões são abertas à participação de dirigentes do Comando Nacional, sindicatos e federações, especialmente diretores de comunicação e profissionais de imprensa das entidades. “Todas as ideias e sugestões serão analisadas”, ressalta Ademir.

A proposta de mídia será apresentada na 16ª Conferência Nacional dos Bancários, a ser realizada de 25 a 27 de julho, em Atibaia (SP).


Fonte: Contraf-CUT

Walmar Pessoa
Author: Walmar Pessoa

WebMaster