Uma mulher que transportava três malotes de um correspondente bancário para uma agência do Banco do Brasil foi assaltada na tarde de segunda-feira (10), no centro de Patos de Minas, no Alto Paranaíba, em Minas Gerais.

Segundo a Polícia Militar (PM), dois homens abordaram e agrediram a vítima, levando cerca de R$ 70 mil em dinheiro e cheques.

Ainda de acordo com a PM, uma testemunha que estava no local viu a ação dos suspeitos e conseguiu evitar que um dos autores fugisse. Já o outro conseguiu escapar levando a quantia.

Durante a ocorrência, um carro em alta velocidade foi visto pelos policiais e mais tarde constatou-se que o mesmo tinha sido roubado momentos antes. O veículo foi encontrado na madrugada de terça-feira (11), em uma comunidade rural situada a 12 quilômetros de Patos de Minas.

Conforme o Sindicato dos Bancários de Patos de Minas, foi mais um caso de transporte ilegal de valores, afrontando a lei federal nº 7.102/83, que obriga a utilização de vigilantes e carro-forte, e colocando em risco a integridade física e psicológica das pessoas.

Fonte: Contraf-CUT com Seeb Pato de Minas e G1

Walmar Pessoa
Author: Walmar Pessoa

WebMaster