Após a divulgação do balanço de 2008, na terça (10), quando foi verificado o lucro líquido de R$ 843,4 milhões – alta de 1,5% em relação a 2007 -, o Sindicato dos bancários de São Paulo, Osasco e região (Seeb/SP) irá cobrar do Safra o início das recontratações de trabalhadores do setor de crédito consignado demitidos no ano passado.

"O banco cometeu um grande erro estratégico ao demitir funcionários experientes e que conheciam profundamente a empresa em que trabalhavam. Depois repetiu o equívoco ao contratar pessoas do mercado, mas que foram dispensadas rapidamente antes que pudessem produzir. O que prova, mais uma vez, que o sucesso dos bancos depende e muito dos bancários", diz o diretor do Sindicato dos bancários de São Paulo, Flávio Moraes. "A elevação do lucro poderia ter sido maior se o Safra não demitisse esses trabalhadores."

Ainda segundo o balanço divulgado nesta segunda, dia 9, o patrimônio líquido médio da instituição apurou um retorno anualizado na ordem de 20,94%.

Fonte: Seeb/SP

Walmar Pessoa
Author: Walmar Pessoa

WebMaster