A Central Única dos Trabalhadores do Estado de São Paulo realiza nesta terça-feira (16), a partir das 09h, na sede do Sindicato dos Jornalistas do Estado de São Paulo-CUT/SP, o Encontro Estadual de Comunicação. Os trabalhadores discutirão propostas para o 5.º Encontro Nacional da CUT (15 a 17 de julho) – Enacom e para a 1.ª Conferência Nacional de Comunicação (01 a 03 de dezembro), convocada pelo governo federal.

O evento terá a participação do presidente da CUT/SP, Adi Lima, da secretaria nacional de Comunicação da CUT, Rosane Bertotti, do secretario de Comunicação da CUT/SP, Daniel Reis e do presidente do Sindicato dos Jornalistas, Guto Camargo. Os trabalhadores elegerão ainda os delegados para o 5º Enacom.

Além de fortalecer e ampliar a rede de comunicação Cutista, que já conta com o programa de rádio Jornal Brasil atual, a rádioweb com programação ininterrupta no endereço www.jornalbrasilatual.com.br, a Revista do Brasil, sites, jornais, cartilhas, boletins eletrônicos e impressos, os trabalhadores tratarão da concessão de emissoras de rádio e TV, os critérios para destinação das verbas públicas para publicidade e o financiamento dos meios de comunicação.

"A democratização do Brasil está diretamente ligada ao acesso à comunicação. No atual estágio em que nos encontramos, quando um pequeno grupo de famílias comanda emissoras de rádio, TV, jornais e revistas, a informação que chega às pessoas não abrange a pluralidade de opiniões presente em nosso país. Queremos combater e oferecer alternativas a essa situação", afirma Adi Lima.

Para Rosane Bertotti, a formulação e implantação de uma nova lei no sistema de Comunicação é inadiável. "O novo marco regulatório deve ter critérios democráticos, transparentes, e acima de tudo contemplar a diversidade da sociedade. É fundamental que a CUT, como uma das principais interlocutoras dos movimentos sociais e dos trabalhadores (as), promova o aprofundamento das discussões para uma intervenção e contribuição qualificada na Conferência de Comunicação e para a construção de uma rede de comunicação Cutista efetiva para a disputa de hegemonia", afirma a secretária nacional de Comunicação da CUT.

Segundo Daniel Reis, Secretário de Comunicação da CUT/SP, o primeiro passo é criar um canal permanente de diálogo. "Recentemente, o governo José Serra adquiriu 220 mil assinaturas da revista Nova Escola, da Editora Abril, sem licitação. Devemos questionar: os profissionais da educação, os pais e os alunos foram consultados sobre essa aquisição? É esse modelo autoritário que devemos combater. A sociedade não deve ser uma simples receptora do que é produzido por um pequeno grupo e sim intervir na construção de um novo modelo de comunicação", complementa

Encontro Estadual da CUT/SP
Dia 16 de junho, a partir das 09h
Local: Sindicato dos Jornalistas do Estado de São Paulo – CUT/SP
(Rua Rego Freitas, 530 – Vila Buarque – São Paulo)

08h30 Credenciamento/ Café 09h00

Abertura
Guto Camargo- presidente do Sindicato dos Jornalistas
Rosane Bertotti- Secretaria Nacional de Comunicação da CUT
Adi dos Santos Lima- Presidente da CUT/SP
Daniel Reis – Sec. de Comunicação da CUT/SP 10h00

" Rumo à Conferência Nacional de Comunicação da CUT"
Rosane Bertotti – Secom CUT
Juliano Mauricio – FNDC
Jerry de Oliveira – Coord. Sudeste da Abraço
Mediação – Daniel Reis – Secom CUT/SP 12h00 – Debate 13h00 – Apresentação das Propostas da CUT para a CONFECOM

"A Conferência que queremos"
Rosane Bertotti – Secom CUT 13h00 às 14h00 – Almoço 14h00 – "Rumo ao ENACOM"
Paulo Salvador – RedeBrasilAtual
Daniel Reis – Resoluções do 12 º CECUT
Mediação – Lílian Parise
Debate com Apresentação de Propostas 15h50 – Café 16h00 – Eleição de delegados e delegadas ao 5º ENACOM
Coordenação – Daniel Reis

17h00 – Encerramento – Daniel Reis

Fonte: CUT

Walmar Pessoa
Author: Walmar Pessoa

WebMaster