Uma tentativa frustrada de criminosos de explodir um caixa eletrônico em Sumaré, a 20 km de Campinas, mobilizou o Grupo de Ações Taticas Especiais (Gate) na manhã de quinta-feira, dia 17. Os policiais se deslocaram da capital paulista para Sumaré para desativar a dinamite instalada no caixa, enquanto o Corpo de Bombeiros e a Polícia Militar faziam o cerco do local.

A agência do Bradesco fica a pouco metros de um posto de combustível. Na terça-feira, em Campinas, houve uma reunião entre a Polícia Militar e a Federação Brasileira de Bancos (Febraban) que tratou da onda de assaltos e explosões em caixas eletrônicos da região.

Na madrugada de quarta-feira, um caixa foi explodido na cidade, se somando a mais de 10 casos do crime apenas em Campinas. Os grupos criminosos costumam chegar armados, render o vigilante e detonar os explosisvos para arrombar os caixas e levar o dinheiro dos equipamentos.

Fonte: Terra

Walmar Pessoa
Author: Walmar Pessoa

WebMaster