O Banco do Brasil anunciou no último domingo, 19/07, a redução dos juros para mais uma linha de financiamento oferecida pela instituição. As pessoas que recebem os salários por meio de contas do BB poderão antecipar até 80% do 13º salário com juros de 2,59% ao mês. No primeiro semestre, as taxas cobradas nessa linha foram de 2,99% ao mês.

"Há dois meses, o banco vem promovendo uma série de medidas de redução de taxas, de alongamento de prazos e aumento dos limites para os clientes. A redução dos juros nesta linha faz parte do conjunto de medidas de expansão do crédito”, explicou o gerente executivo de novos negócios do BB, Mario Casassanta. Aposentados e pensionistas do INSS, com benefício creditado em conta corrente no Banco do Brasil, podem antecipar até 50% do 13º.

O volume contratado nessa linha no primeiro semestre de 2009, segundo o BB, chegou a R$ 266 milhões, superando em 59,5% o desembolso do mesmo período do ano passado, de R$ 167 milhões. ”A nossa expectativa é que a performance no segundo semestre seja equivalente ou maior, já que uma parcela dos trabalhadores só recebem o benefício em parcela única no final do ano”, disse Casassanta.

Ele destaca que a linha tem taxa de juros intermediária em relação às demais opções oferecidas pela instituição às pessoas físicas. O crédito consignado ainda é o mais barato. O crédito de antecipação do 13.º salário pode ser contratado por correntistas com limite de crédito pré-aprovado no banco e que recebam seus salários em conta corrente.Outra pré-condição é que o empregador tenha feito convênio específico para antecipação do 13.º no BB.

Fonte: O Estado de S.Paulo / Renata Veríssimo

Walmar Pessoa
Author: Walmar Pessoa

WebMaster