BRASÍLIA – O ministro da Fazenda, Guido Mantega, afirmou que a associação entre o Banco do Brasil e o banco Votorantim, divulgada nesta sexta-feira, 9, vai permitir o aumento do financiamento de veículos, principalmente de carros usados. Segundo Mantega, com a associação, o BB vai liberar recursos adicionais para aumentar o financiamento de carros novos e usados. Ele destacou que é importante ampliar as vendas do setor de automóveis, que é importante para a economia brasileira.

Segundo o ministro, a associação fortalece o sistema financeiro brasileiro porque os dois bancos têm uma atuação diferenciada e, agora, haverá uma sinergia. Mantega lembrou que o banco Votorantim tem grande experiência na gestão de carteira de crédito de bens duráveis, como veículos e material de construção. Segundo ele, essa é uma área em que o BB atua, e que poderá ser ampliada.

Mantega afirmou que, com a associação, o Banco do Brasil fica próximo do líder Itaú-Unibanco no ranking do setor. Assim a associação fortalece a competição no mercado financeiro brasileiro. Segundo ele, o governo quer que o sistema financeiro seja competitivo e sólido. E disse que o sistema financeiro brasileiro está passando pela crise de forma robusta, sem maiores problemas.

O BB pagará R$ 3 bilhões pela aquisição de ações ordinárias do Votorantim e fará um aporte de 1,2 bilhão de reais com a subscrição de novas ações preferenciais do rival. A operação ainda envolve distribuição de dividendos de R$ 750 milhões.

O Votorantim ocupa a quarta posição no ranking de financiamento de veículos do Brasil, com uma participação de 12% . A carteira de crédito nesse segmento soma 1R$ 6,8 bilhões , correspondente a 77,6 % do crédito à pessoa física disponibilizado pela instituição.

Fonte: Agência Estado / Adriana Fernandes

Walmar Pessoa
Author: Walmar Pessoa

WebMaster