bradesco-explodida.jpg
bradesco-explodida.jpg
Agora foi a vez da cidade de São Sebastião de Lagoa de Roça. Mais uma agência do Bradesco foi dinamitada nesta madrugada. Somente este ano foram 13 agências bancárias atacadas pela ousadia dos criminosos na Paraíba. A ação de hoje aconteceu logo depois da meia noite. Quatro homens fortemente armados dinamitaram a agência do Bradesco da cidade e fugiram com todo dinheiro em direção a cidade de Areial.
 

São Sebastião de Lagoa de Roça é uma pequena cidade localizada na Região Metropolitana de Campina Grande . Fundada em 1961.

Na última segunda-feira, uma agência do Bradesco em Cabedelo também quase foi explodida pela “Gang da Dinamite”. A agência fica localizada em frente ao Hospital Municipal de Cabedelo. Os meliantes não chegaram a detonar os explosivos e saíram do local depois da tentativa frustrada. Apesar da investida, o bando não conseguiu levar o dinheiro do terminal.

Já na tarde deste domingo foi vez da agência do Bradesco que funciona no Centro Cultural Lourdes Ramalho no bairro de São José, em Campina Grande. As informações dão conta de que 5 homens renderam o vigilante por volta das 14h deste domingo e tentaram por mais de uma hora arrombar o caixa eletrônico utilizando maçaricos como ferramenta. A ação não deu certo e os meliantes fugiram em um Pálio sem levar nada.

Na última quinta-feira a gang da dinamite explodiu uma agência bancária localizada no Bessa Shopping em João Pessoa.

Na cidade de Casserengue. Por volta da 2h30 desta madrugada 4 bandidos explodiram uma agência do Bradesco. Na sexta-feira (16) outra explosão aconteceu na cidade de Areial. Na madrugada da última quinta-feira (13) o alvo escolhido foi a agência do banco do Brasil que funciona no prédio da Prefeitura da cidade de Juripiranga.

Na madruga do último dia 12 outra agência bancária foi para o "espaço" na cidade de Cacimbas. Segundo o sargento Aldo, comandante do destacamento da cidade, 5 meliantes entraram na cidade por volta das 02 horas da madrugada em uma Pick-up Strada de cor preta. Os bandidos explodiram a agência e fugiram em direção a cidade de Taperoá. Na cidade de Cacimbas, apenas 2 policiais militares protegiam toda cidade no momento do crime.

No domingo (9) os moradores da pequena cidade de Gado Bravo, localizada no Agreste paraibano, ficaram escandalizados com a ação criminosa e audaciosa dos bandidos que provocaram mais uma explosão em apenas 10 dias de governo Ricardo Coutinho.

Os meliantes arrombaram a agência utilizando bananas de dinamites e levaram todo dinheiro.

Já na madrugada de domingo (2) foi na cidade de Capim de Mamanguape que outra agência bancária foi explodida na Paraíba.

Na semana passada foi na cidade de Mulungu e de acordo com o cabo Ednaldo, o crime aconteceu por volta das 2h50. “Uns vigilantes de rua escutaram um barulho da explosão e acionaram a polícia”, revelou o militar. Segundo o militar a ação foi realizada por 4 elementos que utilizaram motocicletas na fuga.

No dia 04 de janeiro foi a vez da agência do Bradesco no município de Riachão do Poço.

Walmar Pessoa
Author: Walmar Pessoa

WebMaster