O gerente da agência Florestópolis do Banco do Brasil, no interior do Paraná, foi vítima de sequestro na noite de quarta-feira (5). Ele foi rendido na cidade de Porecatu, onde reside, permanecendo em poder dos bandidos durante toda a noite.

Logo pela manhã, o bancário foi levado para a agência, mas os bandidos não obtiveram sucesso na tentativa de assalto. O funcionário do BB foi levado pela quadrilha e abandonado na cidade de Ibiporã.

A agência foi fechada e não teve expediente na quinta-feira (6).

Para Luciano Moretto, diretor de Sindicato dos Bancários de Londrina e integrante do Coletivo Nacional de Segurança Bancária, "esse ataque demonstra mais uma vez que a guarda das chaves não podem ficar em poder dos bancários e que a abertura e o fechamento das agências e PAB’s devem ser realizados por empresas de segurança especializada, justamente para combater sequestros e proteger a vida das pessoas".

Fonte: Contraf-CUT com Seeb Londrina

Walmar Pessoa
Author: Walmar Pessoa

WebMaster