Um gerente do Banco do Brasil de Paraipaba, localizada a 93 quilômetros de Fortaleza, foi sequestrado e a sua família ficou refém de bandidos nesta segunda-feira (29), segundo o Comando de Policiamento do Interior (CPI) do Ceará.

O bancário foi impedido pela Polícia Militar de abrir o cofre da agência para retirada de dinheiro. Ele foi denunciado pelo vigilante, que estranhou a presença do gerente no início da manhã.

Perguntado sobre a situação, ele afirmou que os sequestradores haviam pedido uma quantia para soltar os 14 familiares que estavam mantidos como reféns. O gerente foi orientado a não entregar o dinheiro.

O Ronda do Quarteirão informou que a família já foi abandonada próximo a uma fábrica no município de Pacajus, a 49 km de Fortaleza. Uma viatura foi enviada para trazer a família, que reside em Fortaleza.

Fonte: Ceará em Rede

Walmar Pessoa
Author: Walmar Pessoa

WebMaster