Mais um a prova do descaso dos bancos com a segurança dos funcionários. Um malote de dinheiro de R$ 55 mil do Bradesco foi roubado, na segunda-feira (8), em Governador Mangabeira, a 132 quilômetros de Salvador.

De acordo com a Polícia Civil da cidade, o gerente da agência de Cruz das Almas solicitou um táxi para fazer o transporte de valores para Cabaceiras do Paraguaçu, onde há uma filial do banco instalada nos Correios. Dois homens assaltaram o gerente, um funcionário que o acompanhava e o taxista. Os bandidos fugiram logo depois.

O transporte de dinheiro feito por bancários é uma prática comum no Bradesco, inclusive denunciada diversas vezes pelo Sindicato dos Bancários da Bahia, por ser ilegal. Mas os empregados são obrigados a colocar a vida em risco pelo banco.

Fonte: Seeb Vitória da Conquista e Seeb Bahia

Walmar Pessoa
Author: Walmar Pessoa

WebMaster