A adesão dos funcionários do Bradesco e do HSBC em Assaí elevou para 85% o índice de adesão à greve nacional da categoria na base territorial do Sindicato de Londrina, que nesta quarta-feira (21) chega ao seu 16º dia.

Agora, são 2.048 bancários e bancárias participando do movimento para arrancar dos bancos uma proposta que contemple as reivindicações da Campanha Nacional Unificada 2015.

“Contamos com o apoio de 118 agências e sete PABs para pressionar a Fenaban a apresentar uma proposta que mantenha o poder de compra da categoria. O setor mais lucrativo do país não tem razão para impor um reajuste aos seus trabalhadores e trabalhadoras abaixo da inflação”, argumentou Regiane Portieri, presidenta do Sindicato de Londrina.

Na avaliação de Regiane, os bancos demoraram muito para voltar à mesa de negociações e, mesmo assim, não acrescentaram praticamente nada em relação ao que foi oferecido anteriormente.

Fonte: Seeb Londrina

Walmar Pessoa
Author: Walmar Pessoa

WebMaster