Crédito: Seeb ES
Seeb ES
A greve nacional dos bancários fechou na terça-feira (24), sexto dia, um total de 242 agências no Espírito Santo, sendo 150 da Grande Vitória e 92 no interior. Três prédios administrativos também estão aderiram à paralisação: o Pio XII, do Banco do Brasil, o Bandes e o Centro de Processamento de Dados do Banestes.

Na região metropolitana de Vitória, o número de agências paradas da Caixa Econômica Federal se manteve em 34, o que representa 97,14% das unidades. Também permaneceram fechados 7 dos 11 departamentos do banco. Já no interior o número subiu de 29 para 30 agências paradas.

No Banestes, a adesão aumentou de 53 para 54 unidades – 46 na Grande Vitória e 8 no interior -, em comparação à segunda-feira (23). Já no Banco do Brasil, neste mesmo período, o número de agências em greve passou de 69 para 73, das quais 37 estão localizadas no interior e 36 na região metropolitana de Vitória.

Ainda em relação aos bancos públicos, também entraram em greve os bancários das agências do Banco do Nordeste de Colatina, Linhares, São Mateus e Nova Venécia.

Bancos privados

Nos bancos privados, o número de agências paradas passou de 39 para 47, um aumento de aproximadamente 20%, se comparado ao dia anterior. Desse total, 11 unidades são do Santander, 13 do Bradesco, 15 do Itaú, 6 do HSBC, uma do Safra e uma do Mercantil do Brasil.

Comando Nacional se reúne nesta quinta

Os banqueiros ainda não se manifestaram em relação à greve da categoria, portanto, não há perspectiva de nova negociação. Diante do silêncio da Fenaban, o Comando Nacional dos Bancários se reúne nesta quinta-feira (26), às 14 horas, em São Paulo, para fazer uma avaliação da primeira semana da greve.

“Os bancos ainda não deram respostas à mobilização da categoria, portanto, a orientação é de manter e ampliar a greve. O Comando irá avaliar o movimento nacional e tentar traçar um calendário unificado de lutas, para pressionar avanços nas negociações, tanto nas cláusulas econômicas como nas sociais”, afirma Carlos Pereira de Araújo (Carlão), diretor do Sindicato dos Bancários do ES, que representa o Espírito Santo no Comando Nacional.

Fonte: Contraf-CUT com Seeb ES

Walmar Pessoa
Author: Walmar Pessoa

WebMaster