bradesco_59a_ocorrencia.jpg
bradesco_59a_ocorrencia.jpgUma agência do Bradesco, em Juripiranga, na Zona da Mata Paraibana, foi explodida na madrugada desta sexta-feira. De acordo com a Polícia Militar, um grupo de cinco homens armados chegaram até o local em uma caminhonte do tipo SUV preta por volta das 3h, explodiu a agência e levou uma quantia em dinheiro não informada. Ainda segundo a polícia, o grupo de assaltantes fugiu disparando tiros, dois caminhões que estavam estacionado na rua da agência foram atingidos. Foi a 59ª investida criminosa envolvendo bancos na Paraíba, este ano

Segundo informações do tenente Álano, do 8° Batalhão de Polícia Militar de Itabaiana, a 70 km de João Pessoa, no qual abrange a área de Juripiranga, um dos assaltantes chegou a render alguns jovens que estavam próximo ao banco no momento do assalto. “Havia um grupo de jovens no momento em que o grupo chegou até o local. Um deles desceu e ficou rendendo os rapazes enquanto o restante invadiu a agência e instalou os explosivos. Ainda não se sabe a quantia levada, apenas que os bandidos saíram do local disparando contra carros que estavam estacionados e fugiram em direção a zona rural do município de Pedras de Fogo”, explicou.

Ainda conforme a PM, a agência está localizada numa área residencial, inclusive há uma residência no primeiro andar do prédio onde o banco funciona. O tenente informou também que no momento do assalto, os policiais militares do destacamento de Juripiranga realizavam rondas pela cidade. A policia chegou a perseguir o rastro deixado pelos assaltantes, encontraram em um povoado na zona rural do município alguns grampos, usado pra furar pneus, deixado pelos bandidos.

Na manhã desta sexta, a Polícia Civil de Juripiranga e de Itabaina foram até a agência explodida para fazerem perícias.
 
Essa foi a 59ª ocorrência de crimes envolvendo bancos na Paraíba, este ano, sendo: 8 arrombamentos (2 no BB, 1 no Bradesco, 3 no Santander e 2 na Caixa); 12 assaltos (6 no BB, 2 no Itaú, 1 na Caixa, 1 no Santander; e 2 no Bradesco);  27 explosões (13 no BB, 12 no Bradesco, 1 na Caixa e 1 no Santander); 8 saidinhas de banco (2 no Itaú, 3 no BB e 3 no Santander); e 4 tentativas de arrombamento/explosão (BB, Bradesco, Santander e Itaú). Em 2011 foram registrados 72 ataques a bancos.
 
Fonte: SEEB – PB, com G1 Paraíba
Walmar Pessoa
Author: Walmar Pessoa

WebMaster