bendine.jpg

bendine.jpgO novo presidente do Banco do Brasil será Aldemir Bendine, 45, atual vice-presidente de Cartões e Novos Negócios de Varejo. Funcionário de carreira e ligado ao PT, ele assumirá no lugar de Antônio Francisco de Lima Neto, apurou a Folha no Palácio do Planalto. O presidente Luiz Inácio Lula da Silva decidiu fazer a troca porque está insatisfeito com o trabalho de Lima Neto, que assumiu o cargo em dezembro de 2006.

Lula vem pressionando as diretorias do Banco do Brasil e da Caixa Econômica Federal desde o ano passado para reduzir juros e o spread bancário –diferença entre o custo de captação do dinheiro e a taxa cobrada nos empréstimos aos clientes.

Em 2008, o lucro do Banco do Brasil teve um crescimento de 74% em relação ao de 2007 e ficou R$ 8,8 bilhões, estabelecendo um novo recorde.

Apesar do desempenho positivo, o banco perdeu no ano passado o posto de líder do mercado bancário brasileiro após a fusão entre Itaú e Unibanco, em setembro. Na busca por retomar a posição, o BB comprou uma série de bancos, entre eles a Nossa Caixa, o BEP (Banco do Estado do Piauí), o Besc (Banco do Estado de Santa Catarina) e metade do Banco Votorantim.

Bendine é natural de Paraguaçu Paulista, cidade onde também começou a trabalhar no BB, como estagiário em uma das agências no ano de 1978, tornando-se efetivo em 1982. Na instituição financeira, passou pelos cargos de assessor de superintendência, gerente executivo e vice-presidente da área de Varejo e Distribuição.

Fonte: FolhaOnline / Kennedy Alencar, Brasília

Walmar Pessoa
Author: Walmar Pessoa

WebMaster