O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse nesta segunda-feira (9) que transformará a Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres em ministério. Segundo ele, a mudança servirá para deixar a ministra Nilcéia Freire "menos dependente" da ministra chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, e ter mais liberdade orçamentária. A notícia foi dada durante o "Seminário Mais Mulheres no Poder: Uma questão da democracia".

"Nilcéia, a primeira boa noticia que vou te dar é a seguinte: eu acho que para você ficar menos dependente da Dilma, nós vamos mandar transformar a Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres em ministério. Parece que não, mas o fato de transformar em ministério dá liberdade orçamentária e ajuda muito na elaboração e na execução das políticas públicas", disse Lula.

Essa não é a primeira secretaria especial que Lula transforma em ministério. A Secretaria Especial de Igualdade Racial já ganhou esse status, quando Edson Santos assumiu o posto. O governo também tentou elevar a Secretaria Especial da Pesca e Aqüicultura para ministério por medida provisória, mas teve que abandonar a ideia e propor a mudança por projeto de lei.

Lula desafiou os futuros presidentes a acabarem com a pasta. "Depois, se um dia alguém achar que ministério é demais e quiser acabar, que ouse", afirmou.

O presidente lembrou das críticas que o governo recebeu ao criar tantas secretarias. "Vocês sabem o quanto nós como fomos criticados por criar essas secretarias e [diziam] que estávamos enchendo o governo de cargos, o que é uma tremenda hipocrisia. Um país rico como esse, um país com diversidade de luta social extraordinária, tem mais é que criar quantas secretarias forem necessárias para atender a demanda da sociedade", disse.

Fonte: G1

Walmar Pessoa
Author: Walmar Pessoa

WebMaster