presidentelula.jpg
presidentelula.jpgPresidente esteve na Quadra dos Bancários nesta terça para encontro com população de rua
São Paulo – A Quadra dos Bancários foi palco de uma animada e concorrida festa de Natal antecipada nesta terça-feira, dia 23, durante encontro anual do presidente Luiz Inácio Lula da Silva com moradores de rua e catadores de materiais recicláveis.

Ao lado do ministro do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Patrus Ananias, e do ministro dos Direitos Humanos, Paulo Vannuchi, o presidente ouviu dos líderes dos movimentos sociais queixas com relação a projetos de moradia popular já aprovados em Brasília mas que ainda não saíram do papel.

"As políticas para o povo de rua não podem ser para amanhã, tem que ser para hoje. A gente vê que o presidente cria  condições para melhorar nossa vida mas as prefeituras emperram o processo", denunciou o presidente do MNCR (Movimento Nacional dos Catadores de Materiais Recicláveis), Anderson Miranda.

Lula fez então duras críticas à burocracia, disse que fará em janeiro uma reunião com os Ananias e Vannuchi para avaliar os projetos nas áreas sociais e cobrou os bancos públicos. "Quero estar presente com agentes do Banco do Brasil, da Caixa Econômica Federal e do BNDES, e também com o ministro do Planejamento, Paulo Bernardo, para saber porque os planos de moradia com os terrenos da União não aconteceram", afirmou Lula.

Política higienista – O presidente do MNCR também fez graves denúncias do que chamou de "política higienista" da administração municipal paulistana. Segundo ele, a prefeitura manda apagar as luzes de algumas das regiões do centro e jatos de água gelada são jogados  contra o povo de rua. Ainda segundo as denúncias, o terror continua com a violência da guarda civil metropolitana que, além de agredir, toma os documentos dos moradores de rua e quebra suas carroças, seu instrumento de trabalho. "A gente chora muito, senhor presidente. Estamos vendo em muitos casos, como recentemente em Belo Horizonte, inclusive a matança de pessoas que estavam na rua", disse.

Para o presidente do Sindicato, Luiz Cláudio Marcolino, é um orgulho ceder o espaço dos bancários para o encontro. "O presidente se encontra já há seis anos nesta época com os moradores de rua e catadores de recicláveis, e sempre acompanhamos a festa. Este ano tivemos a honra de proporcionar que este encontro, recheado de alegria e belas apresentações artísticas, acontecesse na Quadra dos Bancários".

Fonte: SEEB – SP / Danilo Pretti Di Giorgi

Walmar Pessoa
Author: Walmar Pessoa

WebMaster